Uma blockchain mais segura

Em 2019, tivemos o orgulho de anunciar que a nossa rede se tornou uma das criptomoedas mais seguras no mundo. A ETN já não está suscetível a um ataque 51% – uma das principais ameaças para a maioria das criptomoedas que existem hoje em dia.

Isto foi alcançado com uma atualização radical da blockchain que foi adicionou uma camada de moderação que permanece dormente enquanto a rede funciona sem atritos, contudo, na eventualidade de um hipotético ataque, a camada determinará a origem do ataque e fechará os caminhos aos atacantes detetados.

Os validadores (mineiros) também não podem minar blocos consecutivos, fornecendo um reforço ainda maior da segurança.

Uma blockchain mais responsável

A Electroneum é a única criptomoeda a nível mundial cuja rede gerida por Organizações Não-Governamentais (ONGs). As ONGs gerem os nódulos validadores e recebem as recompensas de bloco por realizarem a manutenção da blockchain. Designamos este protocolo de Comprovativo de Responsabilidade (PoR).

Antes do lançamento do PoR, selecionamos minuciosamente várias ONGs com histórico comprovado em ajudarem pessoas em países em desenvolvimento que vivem em condições de vulnerabilidade extrema. Estas ONGs estão agora a utilizar as suas recompensas de bloco ETN para reforçarem as suas iniciativas de caridade, ajudando as famílias a ultrapassarem o ciclo de pobreza e construírem um futuro mais próspero.

Uma blockchain mais ecológica

A nossa blockchain é a mais ecológica de todas as criptomoedas, tendo removido as Provas de Trabalho. Mesmo com dezenas de milhares de transações por dia, os requisitos de energia da nossa rede são equivalentes aos duma única lâmpada. Isto é vastamente diferente da maioria das blockchains que existem hoje em dia, sendo que algumas das quais requerem energia equivalente à de um país inteiro! Este avanço define um novo padrão a nível mundial para as blockchains.

Coinventor da blockchain

Após o lançamento da nossa Blockchain Moderada, falámos com o Dr. Scott Stornetta que era amplamente conhecido como o coinventor da blockchain. O seu trabalho de 1991 está incluído inclusive no relatório branco original da Bitcoin. Ele louvou as nossas iniciativas e a aplicação da nossa blockchain responsável.

Na entrevista discutimos um pouco de tudo, desde a sua visão para o futuro da blockchain até às suas opiniões sobre o projeto Electroneum, bem como a nossa abordagem para educarmos e permitirmos que as pessoas nas regiões em vias de desenvolvimento aprendam novas competências e explorem novas formas de ganhar dinheiro.

Ler a entrevista

Veja como funciona a nossa blockchain

Um prezado membro da comunidade Electroneum produziu o vídeo abaixo, destacando os benefícios da nossa Blockchain Moderada e de como funciona. Se estiver interessado em aprender alguns dos aspetos mais técnicos sobre a nossa blockchain, esteja à vontade e veja o vídeo abaixo.